Dados atualizados do comércio exterior brasileiro

asia source brasil imp e exp - Blog - dados atualizados de comercio exterior brasileiro - Site - 1000x370.jpg

De acordo com o site do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços o total de importações brasileiras aumentou 16,8% em setembro comparado com agosto deste ano. No geral, em 2019 até o mês de setembro, o Brasil acumula uma queda de 3,2% no comércio exterior, o que representa um movimento natural do mercado.
Mas se o dólar segue alto... como pode haver um aumento das importações?
Muitos dados podem responder esta pergunta complexa. Uma delas é a disputa comercial entre a China e os Estados Unidos que aumentou a importação de produtos eletrônicos e plástico, por exemplo. Isso ocorre porque a China e os Estados Unidos, passam a fomentar o envio destes produtos para outros países, como o Brasil por exemplo.
           Houve também um significativo aumento de importações de bens de capital (aproximadamente 95%), o que demonstra que as empresas estão renovando e modernizando seus parques fabris.
Balança Comercial Brasileira:
A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 2,246 bilhões em setembro deste ano, o que é muito positivo para a economia do pais. No acumulado do ano (janeiro-setembro) o saldo da balança comercial ficou positivo em US$ 33,790 bilhões. Se as exportações superam as importações, o resultado é de superávit. Se acontece o contrário, o resultado é de déficit.  
           A moeda americana segue oscilando em aproximadamente R$ 4,10. E apesar do dólar acumular uma queda de 1,27% em setembro, no acumulado do ano há uma alta de 5,89%. O impacto do câmbio pode ser diminuído com o uso por exemplo de um Adiantamento de Contrato de Câmbio – ACC, uma espécie de financiamento para exportações oferecido por instituições financeiras. Ou ainda, utilizar o Hedge Cambial, que tem como objetivo garantir o congelamento de um valor negociado no exterior.  
Oscilação da moeda americana:
           De qualquer forma, vale lembrar que todas as empresas trabalham com taxas cambiais semelhantes e não é interessante perder oportunidades por medo da alta do dólar. Existem diversas oportunidades dos importadores reduzirem despesas nas importações, utilizando o regime Ex-tarifário no caso de compra de máquinas e equipamentos, ou ainda benefícios fiscais estaduais como por exemplo o Regime Especial de Tratamento Tributário Diferenciado - TTD em Santa Catarina e a Zona Franca de Manaus no Amazonas.
           Planejamento e informação são a base para uma correta tomada de decisões. Será que a sua empresa não está perdendo oportunidades no exterior?!
Até a próxima!

PLANEJA IMPORTAR?

ELABORAMOS O SEU PROJETO DE IMPORTAÇÃO DE PRODUTOS

Entre em contato e saiba como mudar a sua empresa a partir de consultoria especializada. Preencha o formulário e agende uma consultoria, de maneira rápida e prática!

Saiba mais

Asia Source Brasil

32.841.631/0001-20

Rua Anita Garibaldi, nº 79, Anita Garibaldi, Joinville - Santa Catarina

contato@asiasourcebrasil.com.br