Os 3 maiores erros cometidos por importadores iniciantes

Fique por dentro e evite os principais erros que os importadores iniciantes cometem

Importar representa uma ótima oportunidade para as empresas de redução de custos, acesso a novos produtos e lançamentos de tecnologias. Atualmente ter a possibilidade de aumentar o mix de produtos oferecidos pode ser uma importante estratégia para fidelização do cliente na ponta.
Continue lendo para identificar quais são os principais erros cometidos pelos importadores iniciantes.

• Dificuldade para escolha do produto
Nos últimos anos muitas empresas iniciaram na importação, porém foram poucas aquelas que conseguiram se manter de pé e com boa rentabilidade. O fracasso de muitos importadores iniciantes acontece devido na importação fazerem escolhas pouco criteriosas quanto às mercadorias que será oferecido por aqui.
Ou seja, quando o assunto é escolher um bom produto para trabalhar com importação, é interessante considerar as proporções de preço e peso, assim é possível otimizar a margem do produto e consequentemente, os lucros da empresa.
Infelizmente, vários iniciantes erram nesse quesito e põe em cheque o seu potencial lucrativo. No momento de escolha do produto, analise a concorrência, faixas de preços, canais de vendas, e não se preocupe com a logística e as burocracias envolvidas na importação. Para estes dois, há empresas experientes que poderá te ajudar.

• Achar que precisa importar um container todo
Existe no meio logístico a possibilidade de consolidar a carga com diferentes fornecedores, ou ainda ter diferentes usuários para a mesma mercadoria. Nota-se que o destino deve ser o mesmo nas duas situações.
Chamamos este procedimento no meio logístico de LCL, ou carga consolidada. Trata-se de um procedimento comum entre os transportadores e recomendado quando o importador está iniciando e deseja um mix diferenciado de mercadorias.

• Não saber calcular o preço de revenda
Calcular o preço de revenda é fundamental para o crescimento de qualquer importador. Neste cálculo, todos os custos devem ser devidamente incluídos no preço unitário do produto, desde o valor da importação, frete, seguro e impostos. Também deverá ser incluído a manutenção da estrutura da empresa, mão-de-obra direta, despesas com água, luz e internet.
É importante o importador realizar a simulação dos custos antes de realizar a importação. Para então se apropriar sobre todos os custos e efetuar a melhor negociação para a sua empresa.

Gostou do conteúdo? Por que não incluir a importação no seu planejamento! Até o próximo artigo!

PLANEJA IMPORTAR?

ELABORAMOS O SEU PROJETO DE IMPORTAÇÃO DE PRODUTOS

Entre em contato e saiba como mudar a sua empresa a partir de consultoria especializada. Preencha o formulário e agende uma consultoria, de maneira rápida e prática!

Saiba mais

Asia Source Brasil

32.841.631/0001-20

Rua Anita Garibaldi, nº 79, Anita Garibaldi, Joinville - Santa Catarina

contato@asiasourcebrasil.com.br