Saiba como Emitir a Nota Fiscal de Importação

A Nota Fiscal de Importação é uma obrigação do importador. Sua emissão deve ocorrer para que a mercadoria seja nacionalizada e possa fazer parte do estoque.
Escrito por Maria Helena

Você sabia que é obrigação do importador apresentar uma Nota Fiscal de Importação? Sem este documento emitido, não tem como a mercadoria ser nacionalizada.
Deseja entender melhor este processo e regularizar as importações da sua empresa? Então continue lendo nosso artigo!

A NF de Importação
Como dissemos, emitir a Nota Fiscal de Importação é uma obrigação do importador. Na importação existem diversos documentos a serem emitidos e todos eles precisam “conversar”, ou seja, precisam apresentar as mesmas informações.
É o caso da Nota Fiscal de Importação, que neste caso, precisa “conversar” principalmente com a Fatura Comercial e Romaneio emitido pelo exportador no exterior.
Infelizmente apresentar tais documentos com divergências para a Receita Federal no momento do despacho da mercadoria importada será passível de multas e penalidades. No Brasil, toda mercadoria transportada precisa estar acompanhada de uma Nota Fiscal. Assim como nas vendas nacionais, este documento apresenta os produtos que estão sendo comercializados, seus valores, impostos, origem e destino.
Mas será que devo enviar a Nota Fiscal de Importação à fábrica no exterior? A resposta é não. Não há necessidade de enviar este documento que tem validade apenas no território brasileiro.

Emitindo o documento
Se você está começando a importar, preste atenção nestas dicas que serão importantes para você!
• O principal objetivo da Nota Fiscal de Importação é comunicar sobre a entrada de produtos importados no Brasil, logo sua emissão deve ser em português.
• Provavelmente sua compra internacional será em dólar, mas na Nota Fiscal de Importação é necessário que os valores sejam convertidos para o Real utilizando a conversão da data do desembaraço das mercadorias.
• Respeitar os dados dos demais documentos: Fatura Comercial, Romaneio, Conhecimento de Embarque e Declaração da Importação que já estarão emitidos.
• Verificar a Natureza da Operação. A natureza da importação deve ser definida de acordo com a destinação do material dentro da sua empresa. O que vai impactar diretamente no cálculo de impostos a serem recolhidos.
Somente com a informação sobre a natureza de operação, é possível definir qual CFOP será utilizada na NF. Existem diversas maneiras de nacionalizar os produtos, mas as mais utilizadas são:
3.551 – Compra de bem para o ativo imobilizado
3.556 – Compra de material para uso ou consumo
3.101 – Compra para industrialização
3.102 – Compra para comercialização
3.949 – Outra entrada de mercadoria

Não é necessário você instalar um programa diferente no seu computador para emitir a NF de Importação. Pois o mesmo sistema utilizado para a geração de Notas Fiscais eletrônicas (NF-e nacional) é também utilizado para a emissão da Nota Fiscal de Importação.
Lembre-se que as informações inseridas devem ser condizentes com os dados da Declaração de Importação, com o valor da mercadoria em Reais e com a classificação citada nos documentos de embarque, ou seja, na Fatura Comercial e no conhecimento de transporte.
Se você tiver dúvidas relacionadas a importação, conte com a Asia Source para te ajudar! Até o próximo artigo!

PLANEJA IMPORTAR?

ELABORAMOS O SEU PROJETO DE IMPORTAÇÃO DE PRODUTOS

Entre em contato e saiba como mudar a sua empresa a partir de consultoria especializada. Preencha o formulário e agende uma consultoria, de maneira rápida e prática!

Saiba mais

Asia Source Brasil

32.841.631/0001-20

Rua Anita Garibaldi, nº 79, Anita Garibaldi, Joinville - Santa Catarina

contato@asiasourcebrasil.com.br