Redução do Imposto de Importação para Eletrônicos!

Governo reduz 10% o Imposto de Importação para produtos eletrônicos e bens de capital.

É raro encontrarmos notícias como essa, quando acontece temos que noticiar e principalmente, aproveitar! No último 22 de março o governo federal reduziu o Imposto de Importação para 1495 produtos de bens de capital e equipamentos de tecnologia da informação.  
Esta medida, claro, irá diminuir os custos de máquinas e equipamentos, aumentando a competitividade e permitindo a queda de preços de produtos importados para o consumidor brasileiro.
Na prática, ficará mais barato comprar no exterior máquinas e equipamentos utilizados por setores produtivos, além de bens de informática como computadores e celulares.

A tributação no Brasil

Dizemos que o Brasil é um país protecionista, ou seja, que toma medidas tarifárias e não tarifárias para proteger sua indústria nacional. Quando um governo, seja federal, estadual ou municipal, decide diminuir ou suspender a cobrança de um determinado imposto ele está de fato, a curto prazo, diminuindo a sua arrecadação.
No entanto dizemos que a longo prazo, a arrecadação poderá se equiparar ou ser superior, pois a tendencia é aumentar o volume de venda do produto e consequentemente, sua arrecadação.
Além disso, a prática também incentivo o desenvolvimento econômico de um determinado setor, com geração de mais emprego, renda, contratação de novos fornecedores, compra de matéria-prima e consequentemente, mais arrecadação de impostos.
Apesar da polêmica sobre o tema, é consenso que temos de revisar a quantidade de impostos existentes nos produtos brasileiros e sobretudo, nos importados.

Benefícios na redução

Esta redução noticiada no último dia 22 irá beneficiar boa parte dos brasileiros. Além de aumentar a produtividade, não apenas destes setores, mas de toda a economia. O Ministério da Economia informa que a medida beneficia os pequenos e médios empresários, com a redução de tarifas de importação de produtos como aparelhos celulares e notebooks, de 16% para 14,4%, e de equipamentos médicos de raio-X e microscópios óticos, de 14% para 12,6%. Terão as alíquotas reduzidas, também, máquinas para panificação e fabricação de cerveja.
Em resumo, uma máquina que hoje paga 10% de imposto, por exemplo, passará a pagar 9%. Já um eletrônico que paga 16% de imposto, passará a pagar 14,4%.
Outras áreas que devem sentir os benefícios é a construção civil e o setor logístico, com a redução de impostos para guindastes, escavadeiras, empilhadeiras, locomotivas e contêineres, entre outros itens.
O governo federal espera que a redução no imposto faça com que produtos importados fiquem mais baratos no mercado interno e que isso leve a aumento da produtividade no país.
Por que não aproveitar esta redução e incluir a importação no seu planejamento estratégico? Conte com a Asia Source Brasil neste processo!

PLANEJA IMPORTAR?

ELABORAMOS O SEU PROJETO DE IMPORTAÇÃO DE PRODUTOS

Entre em contato e saiba como mudar a sua empresa a partir de consultoria especializada. Preencha o formulário e agende uma consultoria, de maneira rápida e prática!

Saiba mais

Asia Source Brasil

32.841.631/0001-20

Rua Anita Garibaldi, nº 79, Anita Garibaldi, Joinville - Santa Catarina

contato@asiasourcebrasil.com.br